De uma forma geral, podemos definir personalidade como um conjunto de traços que estruturam a pessoa ao longo da sua vida e que influenciam o comportamento, a vivência de relações e a forma como lida com a vida no geral. A personalidade de cada pessoa é única e traduz-se na sua relação com o mundo, na sua forma de pensar, agir e sentir.

Então, se cada pessoa tem uma personalidade única como pode ser diagnosticada uma perturbação de personalidade?

Quando esses traços de personalidade apresentam um padrão duradouro e estável de rigidez e inflexibilidade que se traduz em relações, pensamentos, emoções e controlo de impulsos disfuncionais, que se mostram desadaptativos e prejudiciais na vida pessoal e social dessa pessoa, resultando em sofrimento e angústia.

A perturbação de personalidade pode conduzir ao isolamento social, dificuldade em estabelecer e manter relações de proximidade com terceiros, comportamentos extremos de apego ou até mesmo consequências na actividade profissional que a pessoa exerce.

Se sente este tipo de dificuldades, nós acreditamos que o podemos ajudar. Acredite também!

Últimos artigos

Emoções na Infância – Como Ajudar o Seu Filho – Crónica Revista Vip

Isabel Cardoso Costa Psicóloga Clínica/Psicoterapeuta- Adultos, Crianças e Adolescentes  

A brincar o mundo pula e avança – Uma visão da Pedopsiquiatria

“Aquilo que há em nós de criativo é infantil, ou vem da infância, é aquilo que fica vivo da infância, […]

Agitação Psicomotora ou Hiperactividade, o que é? A visão da Psicomotricidade

O corpo que não pára.   Nos últimos anos tem sido cada vez mais frequente falar-se de crianças com hiperatividade […]