A Psiquiatra da infância e da adolescência, também designada por Pedopsiquiatria, é uma especialidade médica que se dedica à prevenção, diagnóstico e tratamento de problemas em Saúde Mental com início na infância ou na adolescência. Esta área de trabalho funciona em parceria com outros técnicos especializados e em articulação com a comunidade.

De acordo com a evidência científica, os problemas de saúde mental em crianças e adolescentes têm aumentado, e podem ter uma evolução crónica com repercussões negativas e graves no domínio académico e social da criança e da família. Muitos jovens têm apenas dificuldades transitórias no seu desenvolvimento, mas que são importantes de intervir precocemente, para que o problema não consolide ou progrida.

Os pais podem procurar esta especialidade quando observam problemas de atenção ou hiperatividade, dificuldades de aprendizagem, problemas de comportamento e do controlo dos impulsos, problemas de humor, problemas de ansiedade, dificuldades na relação com os pares ou adultos.

Os sintomas na Pedopsiquiatria adquirem um significado de acordo com o contexto sócio familiar e a fase de desenvolvimento da criança, podendo o mesmo sintoma aparecer no contexto de patologias muito distintas. Por exemplo, sintomatologia como dificuldades de atenção e hiperatividade podem enquadrar-se num quadro clínico de ansiedade, do neurodesenvolvimento ou sinalizar um problema familiar. Durante a avaliação médica é importante excluir outros problemas que possam coexistir ou sobrepor-se.

A intervenção é adaptada às necessidades da criança, do adolescente e da família, tendo em conta o seu desenvolvimento psicoafetivo, a história clínica extensa e pormenorizada e o exame do estado mental.

O plano terapêutico é significativamente diferente das outras especialidades médicas.  Embora seja importante o Pedopsiquiatra ter conhecimento das neurociências e da psicofarmacologia, este não se reduz nem se limita ao modelo biomédico de causalidade, dado que os problemas da vida mental também são de natureza interpessoal, familiar e social.

Últimos artigos

Emoções na Infância – Como Ajudar o Seu Filho – Crónica Revista Vip

Isabel Cardoso Costa Psicóloga Clínica/Psicoterapeuta- Adultos, Crianças e Adolescentes  

A brincar o mundo pula e avança – Uma visão da Pedopsiquiatria

“Aquilo que há em nós de criativo é infantil, ou vem da infância, é aquilo que fica vivo da infância, […]

Agitação Psicomotora ou Hiperactividade, o que é? A visão da Psicomotricidade

O corpo que não pára.   Nos últimos anos tem sido cada vez mais frequente falar-se de crianças com hiperatividade […]