O ambiente de trabalho e a sua natureza influenciam significativamente a saúde. As mudanças ocorridas ao longo do tempo na organização e gestão do trabalho resultam em novos desafios no campo da saúde, nomeadamente ao nível da degradação da saúde mental, particularmente associada à experiência de stress relacionado com o trabalho.

Sabemos hoje que o Stress é considerado uma das principais causas de doenças profissionais e um dos principais promotores de Burnout, com implicações directas quer na saúde dos indivíduos como nos seus resultados profissionais.

Torna-se, assim, imprescindível enfrentar o problema de forma estruturada e desenvolver medidas de prevenção eficazes que promovam a melhoria da saúde das pessoas e lhes permitam um melhor desempenho quer pessoal, como profissional.

Nesse sentido, propomos duas abordagens distintas dirigidas às necessidades de cada empresa:

  • abordagem individual, na qual se oferece um espaço seguro e de confidencialidade, regido por princípios éticos e deontológicos, promotor de desenvolvimento pessoal e saúde mental.
  • um programa de gestão de stress especificamente dirigido a esta problemática, recorrendo a estratégias comprovadamente eficazes, que incluem uma diversidade de técnicas (e.g. corporais, psicológicas, relaxamento)

Nós acreditamos que podemos ajudar. Acredite também!

Últimos artigos

Emoções na Infância – Como Ajudar o Seu Filho – Crónica Revista Vip

Isabel Cardoso Costa Psicóloga Clínica/Psicoterapeuta- Adultos, Crianças e Adolescentes  

A brincar o mundo pula e avança – Uma visão da Pedopsiquiatria

“Aquilo que há em nós de criativo é infantil, ou vem da infância, é aquilo que fica vivo da infância, […]

Agitação Psicomotora ou Hiperactividade, o que é? A visão da Psicomotricidade

O corpo que não pára.   Nos últimos anos tem sido cada vez mais frequente falar-se de crianças com hiperatividade […]