As doenças crónicas caraterizam-se por acompanhar a vida da pessoa por um longo período de tempo ou mesmo por toda a vida. Há uma grande variedade de doenças crónicas, cada uma com as suas especificidades e exigências particulares. Como exemplos temos: diabetes, doença cardíaca, Alzheimer, sida, cancro, doenças autoimunes, entre muitas outras.

Para além do impacto físico, estas doenças têm também efeitos emocionais e psicológicos muitas vezes devastadores com repercussões no bem-estar da pessoa e da sua família.

A psicologia tem aqui um papel fundamental, não apenas para ajudar a aliviar o sofrimento, como também para ajudar a pessoa a viver com a doença e a eleger alternativas que aumentem o seu bem-estar, não obstante a nova condição de saúde.

Se tem uma doença crónica ou se é familiar de uma pessoa com uma doença crónica, não hesite em contactar-nos.

Nós acreditamos que o podemos ajudar. Acredite também!

Últimos artigos

Emoções na Infância – Como Ajudar o Seu Filho – Crónica Revista Vip

Isabel Cardoso Costa Psicóloga Clínica/Psicoterapeuta- Adultos, Crianças e Adolescentes  

A brincar o mundo pula e avança – Uma visão da Pedopsiquiatria

“Aquilo que há em nós de criativo é infantil, ou vem da infância, é aquilo que fica vivo da infância, […]

Agitação Psicomotora ou Hiperactividade, o que é? A visão da Psicomotricidade

O corpo que não pára.   Nos últimos anos tem sido cada vez mais frequente falar-se de crianças com hiperatividade […]